Passeios legais para fazer no Brejo da Paraíba :)

21:18


Cruzeiro de Roma: do alto!
Tem passeio de graça sim e zero desculpa para ficar quarando dentro de casa no fim de semana. Ver mato, igreja e praça não custa nada, né? Hahaha! Adoro uma música de Pato Fu que diz que "pra ver o sol nascer não tem que pagar", acho tão bonito isso. Lá em Bananeiras nós fomos visitar o Cruzeiro de Roma, que fica a aproximadamente 12km da cidade. Eu não sabia da existência desse lugar, o que é uma vergonha pois ele figura como um dos principais roteiros de turismo religioso do Brejo paraibano.


Dei uma pesquisada aqui e se a internet não estiver inventando lorota para a minha pessoa, reza a lenda que esse lugar fica a mais de 500 metros de altitude. Bom, o fato é que é bem altão mesmo mas o acesso é bem tranquilo, estrada boa e a vista de lá é encantadora. Detalhe: um dos potenciais econômicos de Bananeiras é a piscicultura (a especialidade é Tilápia) e lá do alto do Cruzeiro tem como ver um montão de fazendas onde ficam os tanques. Dá um contraste bem legal o verde e os espelhos d'água, adorei!


Nesse local tem uma capela construída no século XX que é bem charmosinha, nada de pompas, a beleza dela tá na simplicidade mesmo. Confesso que a minha conexão com igrejas foi perdida há um bom tempo (deve ter sido trauma de infância), são construções que não me comovem muito e percebo que a minha espiritualidade fica muito mais aflorada em contato com a natureza.


Ainda assim eu curto visitar esses lugares por achar que a energia é muito limpa, não me oponho. Mas reconheço que agradecer, rezar e conversar sozinha olhando para o céu é algo bem mais frequente na minha rotina do que observar esculturas de gesso (e tenho um pouquinho de medo de ver um santo se mexer na minha frente... pronto, falei)! A impressão que eu tenho é que a religiosidade nesses moldes aí aparecem na minha cabeça mais como lembranças folclóricas associadas aos meus avós e pai do que propriamente uma experiência de fé.


E essas poses aí, hein? Hahahaha! Curti muito a mensagem desse portal que fica logo na entrada do Cruzeiro. A frase do Cristo ontem, hoje e sempre me deixou pensativa, a ideia permanência me encanta e assusta. De alguma forma o Cruzeiro me lembrou uma música de Coldplay, qualquer lugar que me deixe um pouco mais perto do céu me emociona bastante. :)

Partiu Engenho?
Não espere a pompa e toda a visão turística que você encontraria nos engenhos de Areia, que são bem mais estruturados quando o assunto é receber visitantes. Mas o engenho da Cachaça Rainha tem lá o seu charme. Aliás, qual lugar em um pé de serra e cercado de muito verde não teria, né? :)


No engenho há uma lojinha onde são vendidas as cachaças e tem um mini-museu contando a história do lugar. É simples mas vale a visita. Caminhamos um pouco por lá, mas não nos demoramos (até porque a diária no hotel estava quaaaase encerrando e a gente ainda queria dar um pulinho na piscina). Então foi algo bem rapidão mesmo.


O túnel é legal 
Perto do hotel onde ficamos hospedadas fica o túnel. É considerado um dos pontos turísticos de Bananeiras, mas confesso que fora a emoção de atravessar ele correndo, a pé e gritando (hahahaha) não tem muuuuita badalação. Mas vale a paisagem, é tão bonitinha!


Dica #Coideryco 
Quer ser fancy-aventura? Então simbora! Tem uma empresa de turismo na cidade chamada Bananeiras Adventure que faz passeios super legais de quadriciclo! Fiquei me coçando para ir mas não rolou experimentar de$$a vez. :( Está na lista das coisas que quero fazer em breve.

Se você quiser apenas alugar o quadriciclo por uma hora vai desembolsar algo em torno dos R$ 100. Passeios mais elaborados custam em média de R$ 250 a R$ 350 e os roteiros incluem a Estação, túnel, Bica dos Cocos e até mesmo o Cruzeiro de Roma. Para quem quiser, o contato é o (83) 9-9858-4599. Acho que vale super a pena! Se for me chama, tá? :D


Essa foto aí de cima é sem contexto mesmo, só para mostrar minha poker face e a parede do Museu da Cidade de Bananeiras, que fica ao lado (colado!) com o hotel onde eu estava e eu simplesmente não fui! Fica aí a dica para você ser mais inteligente que eu. Para quem se interessar, tem mais detalhes dessa viagem aqui e aqui.

Já ansiosa para os próximos passeios.
Fui... break my rusty cage and run!


Veja também

3 comentários

  1. A Capela do Cruzeiro de Roma é simples, mas um lugar de grande espiritualidade. Como sou católico, apreciei demais a visita, rezei, tirei fotos (rsrs) com direito a um grande susto, pois deu uma repentina ventania e tive a impressão que ia me desequilibrar próximo a uma barreira onde os ônibus estacionam, rs.

    A vista é belíssima! No dia que fui, estava fazendo muito frio e eu todo "empacotado" com um blusão, aproveitei para ficar um pouco mais "chique", rs.

    Outro recanto que pretendo visitar em breve!

    ResponderExcluir