Galante: cardápio do embaixador da Gastronomia da Paraíba

17:37


Domingo é o dia oficial do banzo e eu até gosto de ficar deitada na cama com um pacote de Passatempo e outro de Pringles assistindo filme no Netflix. Mas em alguns fins de semana eu realmente não tenho paciência de ficar amufambada no apartamento e gosto de sair e passear. Sítio, pra mim, é sempre a melhor opção!


Aqui em Campina Grande temos uma vantagem: dá para fazer um almoço-bate-volta num monte de lugar lindo (e com preços acessíveis), ou seja: é prato cheio para quem gosta de turismo rural e gastronomia. Já falei da Casa de Chico (adoro, adoro!), da Bica dos Cocos e Terraço Lisboa, em Bananeiras. Também colocaria nessa lista o restaurante Vó Maria, em Areia e a Fazenda Maranata, em Alagoa Nova. Gosto muito do ambiente e da comida de todos!

CASA DE CUMPADE
E além desses aí, tem também a Casa de Cumpade, que fica em Galante, mais especificamente, no Sítio Massapê. Um lugar fofo, perfeito para levar os turistas e encantar também quem mora aqui e nunca foi passar uma tarde lá! :)


É pertinho, tem estrada boa, preço justo (levando em consideração o que o lugar oferece) e possibilidade de comer pratos regionais mas que não são nada óbvios, seja na apresentação ou na adaptação e inclusão de novos ingredientes.


O cardápio de lá tem tudo para quem quer conhecer a culinária nordestina, mas com um plus: o Chef Cumpade João (proprietário do local) usa muita experimentação nos pratos e acerta em praticamente todos. Tudo isso não é à toa: ele é embaixador da Gastronomia da Paraíba. Dá pra tu? Ele recebeu o Prêmio Dólmã 2017, que é considerado o Oscar da gastronomia brasileira.


Não como carne mas estava com um amigo meu e dividimos um prato chamado Mistão e super me contentei com os acompanhamentos. A meia porção deu que sobrou! Destaque para o Cuscuz Nordestino, uma espécie de bolo feito com caldo de galinha. Meu amigo, que delícia! O arroz de festa é imoral de gostoso e a macaxeira frita com o queijo de coalho por cima também e muuuuuito deliciosa!


Depois de uma pausa para assentar a comida no bucho (e fizemos isso no redário que tem lá), a primeira sobremesa que pedimos foi o Pudim de Benzedeira. É um doce feito com leite ferrado, mel de engenho e mastruz... e nem faça careta: eu também pensei que ia ficar com gosto ruim de mato, de planta, mas nem dá pra sentir! É muito gostoso mesmo!


A segunda sobremesa quase não conseguimos terminar! Pedimos a João e Maria, que basicamente é um big prato que mistura doce de leite, goiabada, uma camada de queijo coalho frito e nas bordas, queijo de coalho cru e ralado. Peça logo o tambor d'água pois é doce para umas quatro pessoas!


Sabe quando a pessoa tá tão feliz comendo que fica fazendo uma dancinha a cada mastigada? Pronto, eu estava desse jeito! Para acompanhar pedimos um suco de limão e tudo certo! Fomos em um domingo e estava super calmo, havia um trio de forró com um repertório super fofo (e sem estourar os ouvidos de ninguém) e de repente começou a chover. Sinestesia total! Forró tocando, cheiro de lenha, barulho e respingos de chuva... era o que eu estava precisando pra relaxar.


O passeio completo (a contar o couvert, almoço, sobremesa, suco e água) sai em média R$ 62,00 por pessoa. Além do redário a Casa de Cumpade tem sinuca, piscina, curral e o cheiro maravilhoso de esterco (hahaha, eu amo-amo!), passeio a cavalo (esse é pago por fora) e toda a áurea e clima de sítio. Recomendo super! ;)

🙋 Este não é um publipost!

Veja também

0 comentários