Paraíso das Tartarugas: dica de hospedagem em Tibau do Sul

21:23

Uma paz de lugar! :)
Uma dica maravilhosa para quem quer aproveitar a parte mais calma, rústica e pé na areia de Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte. A Pousada Paraíso das Tartarugas reúne tudo que eu gosto: conforto sem impessoalidade, sensação de aconchego e praticidade e agilidade na hora de fechar negócio com as diárias. Resolvi tudo por WhatsApp (84 99482-3806) e transferência bancária, sem burocracia nenhuma!

Acordar todos os dias com essa vista: not bad :) 
É um lugar para quem busca a paz de estar em contato com a natureza e quer começar acertando já a partir da hospedagem! Desde a primeira vez que fui em Pipa eu paquerava com esse lugar, que fica localizado entre a praia do Amor e a praia do Centro. O acesso só é possível pela praia, ou seja: zero badalação por perto. A praia de lá tem muita pedra, mas quando a maré está baixa dá pra tomar banho na água morninha que fica nas piscinas naturais que se formam.

A Moaba chocadíssima com a vista... é linda mesmo!
Recomendo não usar malas de rodinhas, as mochilas vão facilitar muito o trajeto até lá, que é feito em meio às pedras e muita areia. É preciso ficar atento também à maré, pois oscila muito! À noite, não tem jeito: se quiser curtir a night de Pipa é preciso levar uma lanterninha na bolsa pois encontrar o caminho até a pousada no escuro vai ser bem difícil.
Entrada da pousada, onde também funciona um bar aberto ao público
A pousada já foi tema de reportagem em revista de turismo, foi ponto de apoio durante as gravações da novela Flor do Caribe (Globo) e tem a seu favor uma localização que inibe a agitação vista em outras praias da região de Tibau do Sul. Na baixa estação as tarifas chegam a R$ 170,00 a diária (com café da manhã + wi-fi). No Carnaval os preços sobem um pouco, chegando a R$ 250,00 a diária.

Saudades dessa varandinha :)
A pousada não é pra quem quer luxo, o que não significa não ter conforto. Os quartos são bem rústicos, feitos em madeira e dentro só tem vaso e pia… isso mesmo, os chuveiros ficam na parte externa. Tem duas duchas com água quente e uma outra no “terreiro”da pousada. Não vi muito problema nisso, mas tem uma opção de quarto lá que tem banheiro completo.

Petiscos maravilhosos, jantar no quarto e barulho de mar o dia todo: eu não queria voltar!
Por conta da localização, alguns hóspedes preferem não sair no período da noite e isso definitivamente não é um problema. O restaurante da pousada funciona até às 20h e os pratos de lá são maravilhosos, tanto para jantar como para petiscar, inclusive com preços bem mais em conta do que em muitos bares da área central de Pipa. 

O seu café da manhã será animadíssimo com essa galerinha!
O café da manhã é simples mas cumpre o papel: pão (francês e integral), sucos, frutas, queijo, bolo, ovo frito, tapioca e o principal… tudo isso com uma vista encantadora para o mar. Começar o dia assim, com pé na areia, comida gostosa, sol e vento assanhando os cabelos foi uma terapia maravilhosa! A única precaução é com os saguis que roubam as frutas do seu prato na cara dura, hahaha!

Comida gostosinha e uma vista para o mar encantadora!
Dá pra notar de longe que a pousada adota uma proposta bem diferente do sistema de hospedagem que normalmente encontramos na Praia da Pipa, que geralmente incluem piscina, ficam mais na área central e perto dos locais mais badalados. Nessa pousada, não. É muito silêncio à noite, muita calmaria. Não é obrigado ir de casal, o lugar tem espaço para acomodar grupos, famílias e tal. Tem uma suíte quádrupla de frente para o mar que acomoda até cinco pessoas, além de quartos com visas laterais para o mar que acomodam três pessoas, e o quarto casal (o número um, que ficamos), com vista total para o mar.

Barulho do mar, vento e uma massagem maravilhosa!
Já que o clima era de relax total, aproveitei que na pousada tinha um serviço de massagem e me joguei! Quem comanda isso é Laura, uma argentina que veio para Pipa a passeio, se apaixonou e adotou a praia como morada. Muito simpática, ela faz questão de criar todo um clima para que você se sinta conectado ao trabalho dela. Achei isso de um cuidado exemplar!

Laura é responsável pelas massagens, tem um astral maravilhoso e um sotaque idem
Diariamente ela está na pousada oferecendo aulas de yoga e massagens, que custam entre R$ 90,00 e R$ 150,00 e tem durações de 40 minutos ou uma hora. Escolhi a opção mais longa e fiquei lá me concentrando apenas no barulho do mar, sentindo o vento e na sensação deliciosa de músculos relaxando!

Rede, sol, mar, café da manhã reforçado e uma praia quase deserta: amo!
Chegar lá é super fácil: basta seguir pela Baia dos Golfinhos (rua principal) até a praça do Pescador, daí desce a rua que vai até a igrejinha, passa dela e vai até um deck de madeira. Siga até o final (nas proximidades do restaurante Orishas) e de lá é pé na areia até a pousada. Você passa primeiro pela Casa de Jack (um hostel) e segue até a pousada.

Área do restaurante: hum rum, ao ar livre e com essa vista!
#SERVIÇO
Onde ficar // Paraíso das Tartarugas
Preço médio // Diárias a partir de R$ 170,00 baixa estação e R$ 250,00 na alta estação
Estacionamento // A pousada não possui, é preciso deixar o carro em estacionamentos privativos, que cobram de R$ 15,00 a R$ 20,00 a diária.
Dica básica // levar dinheiro em espécie, isso facilita a negociação na hora de fechar passeios e aproveitar as melhores barracas à beira mar

Veja também

4 comentários

  1. Respostas
    1. Mulher, eu já quero voltaaaaar! Muito bom, recomendadíssimo!

      Excluir
  2. Toda vez que venho neste blog, saio com novos destinos na minha lista!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A ideia é essa, dividir... compartilhar! Feliz demais por isso! :D

      Excluir